NTI/UNIFAP promove oficina para apoiar operacionalização de módulos do sistema SIPAC

O Módulo de Orçamento foi um dos primeiros módulos do Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos (SIPAC) a ser implantado na Universidade Federal do Amapá (UNIFAP) e é essencial para o funcionamento pleno de demais módulos, como Compras, Contratos, Patrimônio, Almoxarifado, etc. Através do módulo SIPAC/Orçamento a Universidade poderá realizar a gestão da alocação orçamentária, de empenhos e de aquisições da instituição. Como a UNIFAP não possui orçamento descentralizado, houve dificuldade em operacionalizar o módulo em 2016.

O Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI), como responsável pela implantação do sistema, promoveu um encontro, com apoio presencial de um especialista em SIPAC, colaborador da empresa SIG Software & Consultoria, para troca de informações no sentido de esclarecer dúvidas da comissão no que diz respeito ao funcionamento do SIPAC/Orçamento e seu relacionamento com demais módulos. O encontro aconteceu durante os dias 13 à 17 de Março, onde os membros da comissão estiveram reunidos para demonstração de funcionalidades e realização de diversas simulações. O objetivo é preparar a Comissão para iniciar a gestão do orçamento da Universidade, ainda em 2017, pelo Módulo SIPAC/Orçamento, e avançar com os estudos necessários para a alocação orçamentária descentralizada em 2018 para algumas unidades, a serem definidas pela Pró-Reitoria de Planejamento (PROPLAN).

O Analista da ESIG Software & Consultoria, Lívio Cesar de Lima Caldas, fala da importância do funcionamento do Módulo de Orçamento para a Instituição, sendo considerado o principal Módulo do sistema. “Nossa prioridade é colocar o Módulo de Orçamento, considerado o ‘coração do sistema’, para funcionar, possibilitando com isso o uso de outros módulos por parte dos setores da Universidade. Sendo ele o principal Módulo do sistema, a partir de seu funcionamento tudo fluirá da melhor forma possível na organização, de Requisições e Planejamento de Compras à Liquidações e Processos de Pagamento”.

“Um dos benefícios do Módulo é o acesso à informação de forma rápida, transparente e disponível a qualquer momento. Outro fator importante é que o fluxo do sistema já é definido, ou seja, o trabalho de diversos setores da Universidade será padronizado, o que tende a facilitar os trâmites, resultando em agilidade.”, disse Lívio César.

A Diretora do Departamento de Gestão-DGO, Aldery da Silva Mendonça, destaca os benefícios que o Módulo de Orçamento irá trazer para o departamento. “Dentre as vantagens do funcionamento do módulo está a possibilidade de descentralização da alocação orçamentária para Pró-Reitorias e Departamentos Acadêmicos, que passam a ter seu próprio Orçamento e poderão disparar sua execução.

Segundo a diretora do DGO, a princípio os trabalhos do departamento continuarão seguindo a rotina de uso do orçamento centralizado. “Estamos quase concluindo o primeiro trimestre e ficaria muito complicado fazer essa descentralização agora, então no momento em que o Módulo entrar em uso de fato, manteremos a rotina atual, ou seja, o DGO permanece emitindo a disponibilidade orçamentária. Então, a partir de 2018 de fato começa a funcionar com a descentralização”, afirma Aldery.

Fonte: https://www.facebook.com/ntiunifap/posts/1308504829239942

17493164_1308503089240116_5586756446627955764_o

17505195_1308503179240107_5715094707421397162_o

Marcado com: ,
Publicado em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*